Qual é a diferença entre DSC e DTA?

De acordo com o DIN 51 007, a Análise Térmica Diferencial (DTA) é adequada para a determinação de temperaturas características, enquanto que o Calorímetro Diferencial de Varredura (DSC), adicionalmente, permite a determinação de valores calóricos como calor de fusão ou calor de cristalização. Isto pode ser feito com duas diferentes técnicas de medição: calorimetria diferencial de varredura por fluxo de calor ou calorimetria diferencial de varredura por compensação de potência. Uma vez que todos os instrumentos DSC NETZSCH são baseados no princípio de fluxo de calor, apenas este método será discutido, em mais detalhes, nas seções seguintes.

Mais sobre o Funcionamento do Princípio de Fluxo de Calor do DSC

Para ambos, DTA e fluxo de calor DSC, o primeiro sinal medido durante uma medição é a diferença de temperatura entre uma amostra e a referência, em µV (Tensão Térmica). Para DSC, esta diferença de temperatura pode ser convertida em um fluxo de calor, em mW, por meio de uma calibração apropriada. Esta possibilidade não existe para um instrumento DTA puro.