Qual Método é o Mais Adequado para minha Amostra?

Qual Método é o Mais Adequado para minha Amostra?

Os métodos apresentados para a condutividade térmica e difusividade térmica diferem um do outro principalmente no que se diz respeito à geometria da amostra, a difusividade térmica alcançável e as faixas de condutividade térmica.

Uma visão global do tamanho de amostras adequadas é mostrada na tabela 1.

Seu dispositivo é muito pequeno para exibir esta tabela.
Table 1: Geometria das amostras demonstradas

LFAGHPHFM*
Formato da amostraRedondo ou RetangularQuadradoRedondo ou Retangular
Número de peças por amostra121
Diâmetro e/ou comprimento
da borda
6 mm a 25.4 mm300 mm x 300 mm150 mm x 150 mm a 300 mm x 300 mm (ou 305 mm x 305 mm a 610 mm x 610 mm
Espessura máx.6 mm100 mm100 mm (ou 200 mm)
Espessura mín.0.01 mm,  dependente das propriedades da amostraAprox. 1mm, dependente da amostraApprox. 5 mm

* Dois modelos de HFM estão disponíveis para diferentes tamanhos de amostras.

Devido à sua capacidade de amostras relativamente grandes, HFMs (Heat Flow Meters) e GHPs (Guarded Hot Plates)  – o método para determinação direta da condutividade térmica – são os utilizados principalmente para amostras de materiais inomogêneos (materiais isolantes).

Os dispositivos Lasers ou Light Flash (LFAs) são configurados para manusear poucos tamanhos de amostras. Amostras padrão têm um tamanho de 12.7 mm e uma espessura de 2 a 3 mm.

Uma visão global de várias condutividades térmicas, dependendo do método utilizado, pode ser vista na figura 1 e, as faixas de temperatura, na figura 2.