Determinação do Ponto de Fusão do Paládio

O maior uso do Paládio (Pd), hoje em dia, é em conversores catalíticos. No entanto, também é usado em, por exemplo, odontologia, relojoaria, tiras de teste de açúcar no sangue, velas de ignição de aviões e na produção de instrumentos cirúrgicos e em contactos elétricos. O Paládio não apresenta reação com o oxigênio, à temperatura normal, embora, quando aquecido à  800 ° C sob atmosfera de ar, irá produzir uma camada de óxido de  paládio (II) (PdO). Este gráfico apresenta a medição STA do Pd à uma temperatura de amostra de 1600 ° C sob atmosfera de argônio. A curva de DSC (azul) mostra a fusão com entalpia de 158 J / g (curva azul, DSC) à 1554 ° C (temperatura de ONSET). Ambos os valores correspondem muito bem aos valores dados em literatura (<1%) para Pd puro. Antes e depois da fusão, não houve perda de massa (curva verde); isto confirma a elevada pureza do metal, bem como a estanquidade do vácuo do sistema STA 449 F5 Jupiter®.

Medição STA de uma amostra de Pd (44,33 mg) à uma taxa de aquecimento de 20 K / minMedição STA de uma amostra de Pd (44,33 mg) à uma taxa de aquecimento de 20 K / min