Sorbitol — Transição Vítrea

O sorbitol é utilizado como um substituto para o açúcar em muitos doces, produtos dietéticos e medicamentos. A proporção de 5,5% de água em sorbitol anidro faz com que a transição vítrea oscile entre -1,7 ° C a -25,6 ° C. Ambas as amostras permanecem completamente amorfas após o rápido resfriamento depois da fusão (que teve lugar antes do aquecimento mencionado acima). (medição com DSC 204 F1 Phoenix®)

DSC 204 F1 Phoenix®

Grande sensitividade e resolução podem ser feitas com esse Calorímetro Exploratório Diferencial premium, o qual também conta com um amostrador automático (ASC), modulação de temperatura (TM-DSC), otimização da linha base (BeFlat®), correção da resistência térmica e constantes de tempo (DSC-correction) mesmo acoplado ao QMS e FTIR ou a uma extensão - UV para foto-calorímetro.

STA 449 F3 Jupiter®

O STA 449 F3 Jupiter® combina as vantagens de uma termobalança de alta sensitividade com um verdadeiro calorímetro exploratório diferencial. Vários fornos e sensores para TG, TGA-DTA e TGA-DSC podem ser utilizados, mediante o qual o sistema pode ser facilmente otimizado para aplicações dos mais diversos tipos de uma maneira bem versátil.

STA 449 F1 Jupiter®

Com a introdução do STA 449 F1 Jupiter®, a NETZSCH está estabelecendo novos padrões. Flexibilidade de configuração ilimitada e desempenho inigualável são as bases para uma grande variedade de possibilidades de aplicação nas áreas de cerâmica, metais, plásticos e compósitos sobre a ampla faixa de temperatura (-150 ° C ... 2400 ° C).

Calorímetro de Múltiplos Módulos MMC 274 Nexus®

O MMC Nexus 274® pode ser utilizado em conjunto com o DSC e o calorímetro de taxa acelerada, onde as suas características especiais se encaixam perfeitamente às suas aplicações. O MMC 274 Nexus® é usado para medir calores de reação, as taxas de reação, reações endotérmicas, as capacidades de calor, mudanças de fase, as taxas de geração de gases e pressões de vapor.