Fibra de vidro reforçada PBT — Propriedades Dinâmico-Mecânicas

Mediu-se uma amostra de 30% fibra de vidro reforçada com PBT (paralelo e perpendicular à orientação da fibra) com o suporte de flexão a 3 pontos, a 1 Hz e 2K/min. Obteve-se valores consideravelmente maiores de rigidez e uma diminuição do onset do E' (43°C) para omodo de orientação paralela (linha sólida). Os valores de tanδ são correspondentemente mais baixos. Os picos de  tanδ estão nas mesmas temperaturas.

 

A fibra de poliéster, testada no modo de tensão, mostra relaxação na faixa de temperatura baixa, que pode ser avaliada através do E' onset, do pico de E'' ou pelo pico de tanδ. A transição vítrea inicia-se à 75°C. o módulo de armazenagem diminui  de 4.200 MPa para 200 MPa. (medição com DMA 242 E Artemis)

DMA 242 D – Analisador Dinâmico-Mecânico

A construção robusta do DMA 242 D e sua alta resolução na medição da deformação, proporciona medições precisas tanto em materiais muito rígidos, como também em materiais muito moles. A maior variedade de tipos de deformação, filtros digitais de sinal, avaliação cinética e extrapolação de frequências fazem do DMA 242 C um equipamento pronto para tudo.

DMA 242 E Artemis

A construção robusta do DMA 242 E Artemis e a alta resolução do sistema de medição de deformação, permitem medições precisas tanto de amostras muito rígidas ou muito maleáveis. Os mais variados tipos de deformação, filtragem de sinais digitais, avaliação cinética e extrapolação de frequências fazem do DMA 242 E Artemis um verdadeiro faz-tudo.