PERSEUS® TG 209 F1

PERSEUS® TG 209 F1

A prefeita solução de Acoplamento TGA-FT-IR

Análise de Gases Desprendidos (EGA) é a ferramenta perfeita para a caracterização do comportamento térmico de sólidos ou líquidos orgânicos e inorgânicos com mais detalhes e elucidando a química por trás dos processos sob investigação.
O PERSEUS® TG 209 F1 é robusto, e destaca-se por seu alto desempenho; é compacto e possui preço atraente. Essa integração do pequeno, mas poderoso, instrumento FT-IR e do TGA, tem o potencial para se encaixar em qualquer laboratório - seja em universidades ou indústrias, para estudos de garantia de qualidade ou de desenvolvimento.

Qualquer sistema NETZSCH TG 209 F1 Libra® já existente, pode ser atualizado com o acoplamento PERSEUS®.

PERSEUS® TG 209 F1 pode ser empregado para as seguintes áreas de aplicação:

  • Decomposição
  • Reações Sólido-Gás
  • Análise de composição
  • Evaporação, Saída de gás
  • Detection of volatiles Detecção de voláteis
  • Analysis of aging processes Análise de processos de envelhecimento
  • Desorption behavior Comportamento de dessorção

PERSEUS TG 209 F1 Libra®PERSEUS® TG 209 F1 Libra®

Análise Acessível de Gases
A aliança inigualável dos instrumentos serve como uma técnica de acoplamento inovador, mesmo para um orçamento apertado. Ele tem o que é preciso para se tornar uma parte integrante de qualquer laboratório eindispensável para as suas necessidades futuras.

Não Necessita de Nitrogênio Líquido
O detector DLaTGS (deuterated L-alanine doped triglycine sulfate) funciona sem a necessidade de nitrogênio líquido. Portanto, este sistema é particularmente bem adequado para testes executados com um amostrador automático (ASC) ou para medições que demandam longo tempo.

Não Necessita de Linha de Transferência
A linha de transferência já não é necessária. O célula de gás aquecida é diretamente ligada à saída de gás do forno através de um tubo aquecido. O baixo volume de gás deste caminho curto garante uma resposta rápida e é bastante vantajoso nos casos em que os gases desprendidos que possam ser condensáveis, estejam presentes.

Economia de espaço
Não é necessário nem um espectrômetro FT-IR separado, nem uma unidade de controle para o aquecimento da uma linha de transferência. A identidade do acoplamento PERSEUS® TG 209 F1 é idêntica ao de um TG 209 F1 Libra® padrão. Isso faz com que o sistema acoplado seja ideal para laboratórios em que o espaço é limitado.


Dados Técnicos

Dados Técnicos

(sujeitas a alteração)

  • comprimento da célula Gás / volume:
    70 mm / 5,8 ml (sem espelho dentro, projeto do feixe em conformidade)
  • Detector:
    DLaTGS
  • Aquecimento de célula de gás:
    200°C no máximo, controlado por software
  • Faixa espectral dos dados de FT-IR:
    6000 cm-1 - 500 cm-1
  • Célula de gás:
    Janela ZnSe, Selo Viton©
  • Aquecimento de tubo de transferência:
    duas opções (com temperatura controlada; usando uma fonte de fornecimento constante de tensão)

Para ver os dados técnicos do TG 209 F1 Libra®, por favor clique AQUI.


Software

Software

O software Proteus® para Análises Térmicas e o software OPUS para FT-IR, ambos rodando em um sistema operacional Windows®, são integrados um com o outro. A comunicação dos softwares permite a troca on-line dos dados durante a medição. O gráfico 3-D, com eixo de temperatura,dados de FTIR e resultados de TGA propicia uma ótima correlação de análises. Além disso, o software Proteus® permite a correlação direta dos resultados de FT-IR com a medição de TGA. Todas as informações da da análise em curso, são expressas como uma função da temperatura e do tempo.

O Software Proteus® inclui tudo o que você precisa para realizar uma medição e avaliar os dados resultantes. Menus amigáveis e rotinas automatizadas fazem deste software uma ferramenta muito fácil de se usar, fornecendo ainda uma análise sofisticada. O Software Proteus® é licenciado com o instrumento e, claro, pode ser instalado em outros sistemas de computador.

Características:

  • medição simultânea, aquisição de dados e o armazenamento de dados com dois pacotes de software: Proteus® (por NETZSCH) para os dados de análise térmica, e OPUS (por Bruker Optics) para os espectros de FT-IR num PC
  • software OPUS / CHROM com gráficos em 2D e 3D para FT-IR e as curvas de medição STA, como uma função do tempo e da temperatura
  • OPUS / SEARCH com biblioteca de espectros
  • Janela de Curvas Integral (traços) com avaliação das temperaturas características e superfície pico, juntamente com as curvas de análise térmica
  • Gráfico Gram-Schmidt, com cálculo de temperatura e de pico de superfície em conjunto com curvas de análise térmica


Você pode utilizar o seguinte software com este produto:

Proteus® Software


Acessórios

Acessórios

PulseTA®

Com a técnica de PulseTA®, uma quantidade, definida com precisão, de gás é injetada para o gás de purga da termobalança (TG) ou um instrumento de análise térmica simultânea (STA). Isto claramente aumenta as possibilidades de medição, permitindo a quantificação do sinal de FT-IR.

PulseTA®PulseTA®

Amostrador Automático (ASC-Automatic Sample Changer) para o PERSEUS® TG 209 F1

O amostrador automático pode trabalhar com até 20 amostras, tanto para medições rotineiras de controle de qualidade ou para investigações mais complexas em projetos de desenvolvimento. Ele trabalha sem parar para liberar o seu tempo para outros desafios e permite aperfeiçoar a utilização do PERSEUS® TG 209 F1 mesmo durante o fim de semana.

Naturalmente, para cada uma das amostras pode ser atribuída uma medição individual e um programa de avaliação. O amostrador automático pode manipular medições TGA- FT-IR com programa individual para o TG e parâmetros individuais para o FT-IR para cada medição. Campos de entrada de fácil compreenção leva-o, através da programação de uma série de medições. As análises não programadas também podem ser inseridas numa série de medições pré-programadas, já em progresso.

Literatura

Literatura

Catálogo

Vídeo

TG209 F1 PERSEUS®®-Coupling
NETZSCH PERSEUS®® TG 209 F1 - TGA-FT-IR Coupling
NETZSCH Analyzing and Testing at the Analytica 2016

Transmissão pela internet

NETZSCH Webinar Evolved Gas Analysis
Unleashing the Power of Thermogravimetric Analysis TGA or STA
NETZSCH-Webinar Measuring Identifying Gas Release from Li-ion Batteries and Battery Materials Decomposition

You may also be interested in:

PERSEUS® STA 449 F1/F3 - A Revolução no Acoplamento STA-FT-IR

O PERSEUS® STA 449 F1/F3 é uma aliança sem precedentes entre dois instrumentos bem-sucedidos: o STA 449 F1/F3 Jupiter® da NETZSCH e espectrômetro FT-IR da Bruker Optics. Seu design é sem precedentes e constitui uma referência para os sistemas do estado-da-arte de acoplamento.

TG 209 F1 Libra®

Flexibilidade com os acessórios deste instrumento prêmio para termogravimetria, permite cobrir praticamente qualquer aplicação imaginável na faixa de temperatura até 1100°C. O sistema tem muitas características marcantes: função BeFlat® permite imediata medição ao se ligar o aparelho, as taxas de aquecimento do sistema (até 200 K/min) permitem resultados mais rápidos, enquanto o seu forno cerâmico, resistente à corrosão, resiste tanto ao flúor como ao cloro, que estão dentro da composição de polímeros, função c-DTA® para a detecção de reações exotérmicas e endotérmicas.

Acoplamento GC-MS

A NETZSCH, em colaboração com a JAS (Joint Analytical Systems), desenvolveu grandes melhorias em análise de gases desprendidos (EGA – Evolved Gas Analysis). Gases provenientes de um TGA/STA são guiados diretamente para dentro do loop da amostra no porta válvula do GC (gas chromatography system) por meio de uma linha de transferência aquecida. Via injetor, as substâncias chegam à coluna do GC, onde são separadas e então analisadas por meio de um detector seletivo de massa. O novo sistema de acoplamento se difere dos demais pelo fato de o início das medições ser determinado por eventos. Isso permite a detecção de temperaturas correlacionadas à liberação das substâncias, o que de fato permite uma correlação direta com as etapas de perda de massa.

STA 449 F3 Jupiter®

O STA 449 F3 Jupiter® combina as vantagens de uma termobalança de alta sensitividade com um verdadeiro calorímetro exploratório diferencial. Vários fornos e sensores para TG, TGA-DTA e TGA-DSC podem ser utilizados, mediante o qual o sistema pode ser facilmente otimizado para aplicações dos mais diversos tipos de uma maneira bem versátil.

STA 449 F1 Jupiter®

Com a introdução do STA 449 F1 Jupiter®, a NETZSCH está estabelecendo novos padrões. Flexibilidade de configuração ilimitada e desempenho inigualável são as bases para uma grande variedade de possibilidades de aplicação nas áreas de cerâmica, metais, plásticos e compósitos sobre a ampla faixa de temperatura (-150 ° C ... 2400 ° C).