DSC 404 F1 Pegasus® – DSC de Alta Temperatura

DSC 404 F1 Pegasus® – DSC de Alta Temperatura

Flexibilidade Fascinante em Análise Térmica

O DSC 404 F1 Pegasus®, Calorímetro Exploratório Diferencial de Alta Temperatura, foi projetado para a determinação exata do calor específico de materiais de alto desempenho em altas temperaturas.

  • Determinação das propriedades termodinâmicas de cerâmica e de materiais metálicos de alto desempenho
  • Desempenho da determinação da entalpia quantitativa e de cp em atmosfera de gás puro
  • Vácuo de até 10-4 mbar para a criação de atmosferas de alta pureza para os ensaios sobre materiais sensíveis à oxidação
  • Caracterização de metais amorfos, ligas com memória de forma e vidros inorgânicos

Este DSC 404 F1 Pegasus® significa maior flexibilidade, excelente qualidade e ótimo desempenho.

O DSC 404 F1 Pegasus® é o DSC de fluxo de calor de alta capacidade, desenvolvido para medições / aplicações altamente sofisticadas.

O conceito do DSC 404 F1 Pegasus® permite a configuração de até oito diferentes tipos de fornos, facilmente intercambiáveis ​​pelo usuário, atendendo uma ampla faixa de temperatura dentre -150 ° C até 2000 ° C (ver acessórios).

Nós oferecemos diversos tipos de sensores distintos,  para medições de DSC e de DTA, bem como vários tipos de cadinhos, e também uma grande variedade de acessórios de técnicos.

O acoplamento à um FT-IR ou MS é possível sem problemas.

Uma extensão importante de hardware, como o amostrador automático (ASC) para até 20 cadinhos de amostras e cadinhos de referência, e características adicionais de software, tais como BeFlat® para obtenção de uma linha de base otimizada ou opcionalmente a modulação da temperatura do sinal de DSC (DSC-TM), fazem do DSC 404 F1 Pegasus®, o sistema DSC mais versátil para pesquisa e desenvolvimento, controle de qualidade, análise de falhas e otimização de processos.

O DSC 404 F1 Pegasus® é a ferramenta ideal para o seu trabalho diário no laboratório.

Mais sobre o Princípio Funcional de um Fluxo de Calor DSC


Dados Técnicos

Dados Técnicos

(sujeito a alterações)

  • Os sensores DSC para cálculo de cp permitem a determinação extremamente precisa do calor específico, nas seguintes faixas de temperatura:
    • de RT a 1400 ° C: ± 2,5%
    • de RT a 1500 ° C: ± 3,5%
  • Um forno de grafite, com sensores W / Re, para medições de DTA até 2000 ° C está disponível.
  • Extensão com o exclusivo sistema OTS® está disponível.
Seu dispositivo é muito pequeno para exibir esta tabela.
TypeTemperature rangeCooling system
Silver furnace-120°C to 675°Cliquid nitrogen
Copper furnace-150°C to 500°Cliquid nitrogen
Steel furnace -150°C to 1000°Cliquid nitrogen
Platinum furnaceRT to 1500°Cforced air
Silicon carbide furnaceRT to 1600°Cforced air
Rhodium furnaceRT to 1650°Cforced air
Graphite furnaceRT to 2000°Ctap or chilled water

Software

Software

A DSC 404 F1 Pegasus® é executado sob o Software Proteus® em ambiente Windows®. O Software Proteus® inclui tudo o que você precisa para realizar a medição e avaliação dos dados resultantes. Através da combinação de menus de fácil compreensão e de rotinas automatizadas, uma ferramenta foi criada, que é extremamente amigável e, ao mesmo tempo, permite a análise sofisticada. O software Proteus® está licenciado com o instrumento e pode, naturalmente, ser instalado em outros sistemas de computadores.

Características DSC:

  • Determinação de onset, pico, inflexão e temperaturas finais
  • Busca automática de pico
  • Entalpias de transformação: análise das áreas dos picos (entalpias) com linha de base selecionável e análises da área de picos parciais
  • Análise complexa de pico, abrangendo todas as temperaturas características, área, altura do pico e meia largura
  • Análise de transição vítrea compreensível
  • Correção automática da linha de base
  • Grau de cristalinidade
  • Avaliação de OIT (tempo de oxidação induzida)
  • Determinação de calor específico
  • BeFlat® para a correção automática da linha de base
  • Correção de DSC: avaliação dos efeitos exotérmicos e endotérmicos tendo em consideração as constantes de tempo do sistema e os valores de resistência térmica
  • Modo Tau-R®: leva em conta a constante de tempo e a resistência e térmica do instrumento e revela, assim, os efeitos de DSC da amostra de forma mais nítida.
  • Extensão de Software TM-DSC modular para os ensaios de DSC em temperatura modulada (opcional)

Você pode utilizar o seguinte software com este produto:

Proteus® SoftwareAdvanced Software


Acessórios

Acessórios

Uma variedade de cadinhos de amostra (panelas) feitos de alumina, platina, alumínio, grafite, sílica fundida, etc estão disponíveis em diversos tamanhos.

O conceito permite que o instrumento seja equipado com o dispositivo de elevação duplo de fornos, para dois fornos simultaneamente. O forno pode, portanto, ser montado no dispositivo de elevação dupla, combinado com outros fornos. Em vez de um segundo forno, um trocador automático de amostras (ASC) pode, opcionalmente, ser utilizado. Flexibilidade modular poupa uma grande quantidade de tempo e, assim, diretamente resulta num aumento da taxa de análise de amostras.

Opcionalmente, o sistema OTS® permite reduzir, de forma eficaz, a pressão parcial de oxigênio na região da amostra.

O trocador automático de amostras (ASC) é projetado para medições de rotina. Trabalha dia e noite, poupando-lhe tempo para outras tarefas, e otimiza a utilização do DSC 404 F1 Pegasus® (por exemplo, calibrações durante o fim de semana).

Um carrossel está disponível para até 20 amostras e cadinhos de referência (panelas), que podem ser automaticamente analisadas em qualquer ordem. A geração controlada da atmosfera de gás, desejado na câmara da amostra, e o resfriamento, são automáticos.

Naturalmente, para cada amostra pode ser atribuída um programa de medição individual e sua respectiva avaliação (macro). Planilhas de entrada de fácil compreensão, leva-o através da programação da série de medições. E é sempre possível inserir análises não planejadas em uma série de medições pré-programada, que já está em progresso.

PulseTA®

Com a técnica PulseTA® uma quantidade exatamente bem definida de gás é injetada ao gás de purga da termobalança (TGA) ou ao instrumento de análise térmica simultânea (STA).

Isto aumenta claramente as possibilidades de medição:

  • reações químicas definidas / incrementadas ou adsorção do gás de injeção com a amostra
  • Quantificação de gases desprendidos a partir da amostra
Seu dispositivo é muito pequeno para exibir esta tabela.
Crucibles (Pans) for the DSC 404 F1/F3 Pegasus®
Material
(Purity)
Temperature
Range
Consisting ofDimension/
Volume
RemarksOrder Number
PtRh/Al2O3Max. 1700°CCrucible + liner + lidFor metal melts and other reactive materials6.225.6-93.2.00
Al2O3 (99.7%)Max. 1700°CCrucible∅6.8mm/85µlGB399972
Al2O3 (99.7%)Max. 1700°CLidFor GB399972GB399973
Pt/Rh (80/20)Max. 1700°CCrucible∅6.8mm/85µlGB399205
Pt/Rh (80/20)Max. 1700°CCrucible∅6.8mm/0.19mlHeight 6mmNGB801556
Al (99.5)Max. 600°CCrucible∅6.7mm/85µlSet of 100 piecesNGB810405
Al (99.5)Max. 600°CLidFor NGB810405NGB810406
Gold (99.9)Max. 900°CCrucible + lid∅6.7mm/85µl 6.225.6-93.3.00
ZrO2Max. 2000°CCrucible85µl CaO-stabilizedGB397053
ZrO2Max. 2000°CLidFor GB397053GB397052

* Please note: One and the same sealing press is capable of sealing all the Al crucibles (pan + lid), order no. 6.240.10-80.0.00A

Literatura

Literatura

Catálogo

Catálogo

Catálogo de Aplicação: "Material Characterization, Phase Changes, Thermal Conductivity", 16 páginas (inglês)

Catálogo

Documentos técnicos

Documentos técnicos

Determination of density change, specific heat and thermal diffusivity/conductivity prior to, during and after the sintering

published: DKG, 82 (2005) No. 10 E32

Documentos técnicos

Determination of the heat capacity of hexagonal single crystal GaN between 20 and 1400K.

published: Phys. Rev. B72 (2005) 075209

 

In order to download the complete paper, please use this link: journals.aps.org/prb/abstract/10.1103/PhysRevB.72.075209

Documentos técnicos

Determination of solidus and liquidus temperature as well as latent heat of fusion of a titanium aluminide alloy

published: JTAC, 73 (2003) 381

 

In order to download the complete paper, please use this link: link.springer.com/article/10.1023%2FA%3A1025130902174

Documentos técnicos

Oxidative-induction time (OIT) measurements allow for characterization of the long-term stability of hydrocarbons. For determination of the oxidative stability, standardized test methods by means of DSC (Differential Scanning Calorimetry) are used. OIT tests by means of DSC are internationally recognized. Well-established standards are e.g., ASTM D3895-92, ASTM D6186, EN 728 und ISO 11357-6.

Documentos técnicos

Pôster

Catálogo de Acessórios

Catálogo de Acessórios

Você também pode estar interessado em:

DSC 404 F3 Pegasus® – DSC de Alta Temperatura

O DSC 404 F3 Pegasus®, Calorímetro Exploratório Diferencial de Alta-Temperatura, oferece grande flexibilidade para todas aplicações de DSC e DTA em controle de qualidade e desenvolvimento de produto. Fornos e sensores DSC/DTA estão disponíveis para um ampla faixa de temperatura (-150 ... 2000°C). Vários upgrades permitem a adaptação do custo-benefício do sistema do calorímetro para sofisticadas aplicações.

STA 449 F1 Jupiter®

Com a introdução do STA 449 F1 Jupiter®, a NETZSCH está estabelecendo novos padrões. Flexibilidade de configuração ilimitada e desempenho inigualável são as bases para uma grande variedade de possibilidades de aplicação nas áreas de cerâmica, metais, plásticos e compósitos sobre a ampla faixa de temperatura (-150 ° C ... 2400 ° C).

LFA 457 MicroFlash® - Instrumento Laser Flash

O LFA 457 MicroFlash® é o produto mais moderno para a determinação das duas propriedades termofísicas: difusividade e condutividade térmicas, no intervalo de -125 ° C a 1100 ° C. Sua construção compacta e com possibilidade para vácuo, trocador de amostras automático e software funcional, garantem a máxima eficácia para o testes desafiadores de materiais.